Associação Médica Brasileira World Federation of Associations of Pediatric Surgeons Asociación Iberoamericana de Cirugía Pediátrica

III Jornada Carioca de Cirurgia Pediátrica tem saldo muito positivo

Cerca de 90 médicos participaram da III Jornada Carioca de Cirurgia Pediátrica, realizada na Casa de Saúde São José, no Rio de Janeiro (RJ).

A III Jornada Carioca de Cirurgia Pediátrica, realizada nos dias 13 e 14 de outubro, contou com expressiva participação de médicos, especialmente cariocas e de outras cidades do estado do Rio de Janeiro. A programação, que trouxe temas variados abordados por especialistas de renome, despertou o interesse de cirurgiões pediátricos, acadêmicos e residentes, num total de 89 inscritos.

A apresentação da primeira conferência da jornada coube ao convidado internacional, Dr. Adrian Bianchi, da Inglaterra, que abordou o Estado da arte da gastrosquise. Mas ao longo dos dois dias do evento os participantes tiveram a oportunidade de discutir inúmeros outros temas ligados à especialidade, entre as quais enterecolite necrotizante, síndrome do intestino curto, reabilitação intestinal, casos complexos em Urologia Pediátrica, refluxo vesico-ureteral, ureterocele ectópica, distúrbios da deglutição do neuropata, fundoplicadura, gastrostomia endoscópica, dissociação esofagogástrica e videolaparoscopia.

Tanto a jornada quanto o Curso de Videocirurgia Pediátrica que a precedeu foram promovidas pela Associação de Cirurgia Pediátrica do Estado do Rio de Janeiro (Ciperj), com o apoio da Cipe e da Casa de Saúde São José.


Curso antecede a jornada

No dia 12 de outubro, antecedendo a jornada, foi realizado o Curso de Videocirurgia Pediátrica.  Nesta quinta-feira, dia 12, ocorreu o curso pré-jornada que abordou videocirurgia pediátrica.

A Drª Simone Simões expôs a programação do curso, enquanto que o Dr. Elias Couto desenvolveu os princípios gerais da videocirurgia: organização e conceitos gerais; boas práticas com equipamentos e instrumentais e acessos abdominais e conceitos seguros sobre punções.

O curso também foi integrado por oficina de instrumentais e equipamentos e uma parte prática, durante a qual os participantes, usando simuladores, treinaram nós, suturas e anastomoses.