Associação Médica BrasileiraWorld Federation of Associations of Pediatric SurgeonsAsociación Iberoamericana de Cirugía Pediátrica

Mutirão 2019 cresce

Cinco novos serviços, de Barreiras (BA), Brasília (DF), Palmas (TO), Recife (PE) e São Paulo (SP) se integraram ao XIII Mutirão Nacional de Cirurgia da Criança, que acontecerá em 4 de maio (sábado), elevando para 12 o número de adesões no país. Confira abaixo os participantes confirmados:

• Hospital da Criança ‘José Alencar’, de Brasília (DF);

• Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco (HC/UFPE), de Recife (PE);

• Hospital da Criança/Obras Sociais de Irmã Dulce (HC/Osid), de Salvador (BA);

• Hospital Eurico Dutra, de Barreiras (BA);

• Hospital Infantil Joana de Gusmão, de Florianópolis (SC);

• Hospital Infantil Público, de Palmas (TO);

• Hospital Municipal da Mulher, de Cabo Frio (RJ);

• Hospital Universitário Alcides Carneiro, da Universidade Federal de Campina Grande, de Campina Grande (PB);

• Hospital Universitário, da Universidade Federal de Sergipe (SE);

• Instituto da Criança do Hospital das Clinicas da FMUSP, de São Paulo;

• Santa Casa de Misericórdia do Pará, em Belém (PA); e

• Disciplina de Cirurgia Neonatal e Pediátrica, Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), de Uberaba (MG).

Até maio, a CIPE espera obter a adesão de outros serviços e, para isso, espera contar com o esforço dos cirurgiões pediátricos, equipes cirúrgicas e de apoio e diretorias dos hospitais do país, notadamente os públicos e os filantrópicos.

E, ainda que serviços não tenham condições de realizar as cirurgias no dia 4 de maio, as adesões são bem-vindas, pois a atividade beneficia as crianças e fortalece a imagem da Cirurgia Pediátrica junto à população e instituições de saúde.

Em função de dificuldades locais, apesar de participarem do mutirão da CIPE, dois serviços realizarão as cirurgias em outras datas: no Hospital Infantil Público, de Palmas, as crianças e adolescentes com casos cirúrgicos serão atendidos no dia 28 de abril, enquanto que no HC/Osid, de Salvador, as cirurgias pediátricas serão realizadas no dia 18 de maio. Já no Hospital Universitário Alcides Carneiro, de Campina Grande, o mutirão terá início em 29 de abril e se estenderá até 4 de maio, com o objetivo de operar 50 pacientes, de zero a 18 anos.